Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/log/entry.php:1) in /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 531

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/log/entry.php:1) in /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 531
Fatos curiosos, locais e pessoas folclóricas

Piauiense inventa bicicleta voadora

Nem a criatividade fenomenal do proto-italiano Leonardo da Vinci (1452-1519)  e nem a fértil imaginação do francês Júlio Verne (1828-1905). Nenhum deles conseguiu idealizar uma bicicleta voadora...Isso mesmo. Mas um piauiense o teria feito.

Um fantástico aparelho para levar o homem a qualquer canto do mundo, movido pelos músculos de seus próprios pilotos, é o que um piauiense de Miguel Alves, cidade do norte do Estado, tentou fabricar por volta de 1980, chegando a elaborar um projeto para tal portento tecnológico.

Segundo o arrojado inventor piauiense, para a conclusão do invento, faltavam apenas adquirir os recursos necessários à aquisição do material e que ele próprio afirmava serem apenas 25 mil cruzeiros, moeda daquela época.

O invento? Era a “biciplana”, geringonça voadora inspirada na dificuldade do brasileiro ante a crise dos combustíveis do final dos anos 1970 e início dos 1980.

O cérebro extraordinário desta invenção pertencia ao modesto mecânico de bicicletas, Fileno de Sousa.

 bic1.jpg - 54.06 KB
FILENO DE SOUSA, O INVENTOR DA BICICLETA VOADORA. FONTE: JORNAL O DIA.

Leia mais: Piauiense inventa bicicleta voadora

Muita prosa e fotografias no Bar do Zé Wilson

Assim como acontece com algumas pessoas ou até grupos, vários bares típicos de muitas cidades do Piauí carregam consigo peculiaridades e curiosidades verdadeiramente folclóricas. É comum se ver tanto populares de classe econômica mais restrita como empresários e políticos nestes barzinhos, que em si possuem um diferencial, seja no proprietário e/ou no próprio estabelecimento.

Em Luzilândia-PI, cidade localizada a 234 km ao norte de Teresina, também às margens do Rio Parnaíba, um daqueles bares chama a atenção do visitante desde 1987. A fachada é simples, as instalações são rústicas, com troncos de carnaúbas no telhado, paredes espessas, janelas precárias, balcão e prateleiras tradicionais e mesas simples de madeira. Trata-se do Bar do Zé Wilson, oficialmente Restaurante e Lanchonete Danielle.

a21.jpg - 105.98 KB
FACHADA DO ESTABELECIMENTO 

Leia mais: Muita prosa e fotografias no Bar do Zé Wilson

O Fidel Castro piauiense

Fidel Castro mora no Piauí? É claro que não, o ditador cubano mora em Havana. Mas há um, digamos, autoproclamado sósia seu, na localidade Barreiras, município piauiense de Valença do Piauí. Este cidadão, de nome Justiniano de Souza Martins mora (ou morava) num casarão que segundo ele, é tão antigo que teria precedido em dois anos a instalação da vila de Valença, que ocorreu em 1762.

Nós entrevistamos Fidel Castro em 1999, quando ele afirmava ter 60 anos de idade. Alto, magro, barbudo, nervoso, desconfiado, agressivo nas palavras, mas um tanto receptivo às entrevistas, nós o encontramos em seu traje habitual, botas e calça camuflada do exército. O apelido, fomentado pela semelhança, é carinhosamente adotado pelo caboclo.

O cidadão valenciano nos fala de suas delirantes aventuras e caçadas, de seus rifles e de suas confusões e brigas com grande desenvoltura, o que deixa o visitante um tanto quanto acanhado.


JUSTINIANO SOUSA, O "FIDEL CASTRO".  

Leia mais: O Fidel Castro piauiense

Quando a imagem de televisão chegou

Lagoa do Barro do Piauí é um município piauiense localizado no semiárido, limites com o estado da Bahia. Emancipou-se de São João do Piauí somente em 1992. Hoje possui pouco mais de 4.000 habitantes. 

Município pobre e de pouca produtividade econômica, sempre castigado pela seca, até 18 de novembro de 1993 sua população não teve no âmbito local nenhum contato com imagens televisivas. Aliás, muitas pessoas do Município, principalmente os mais pobres, que nunca saíram de suas terras, nunca haviam visto Televisão.

Foi então neste dia que chegou a primeira imagem televisiva na sede do Município. A Prefeitura Municipal festivamente instalou um aparelho na janela de uma escola e a população assistiu impressionada e com olhos arregalados o...isso...isso...isso Chaves, programação do SBT. Sem dúvida uma imagem emocionante e comovente.


CRÉDITOS: ESTADÃO/FÓRUM CHAVES

Leia mais: Quando a imagem de televisão chegou

Personagens e locais folclóricos

Um apanhado de pessoas ou locais curiosos, típicos,  ou folclóricos das cidades e sertões.

www.000webhost.com