Print Friendly, PDF & Email
Print Friendly, PDF & Email

A Chapada do Bidoca é um recanto em Piracuruca que tem uma importância histórica muito relevante para o município e região, é um cenário composto de uma capela, um cemitério e das ruínas de um antigo casarão de pedra (Fig. 1,2) [1]. O lugar remete o Piauí e o Brasil à época da colonização nordestina, recebeu esse nome por causa de um coronel que habitou no local, o senhor Raimundo Machado de Brito, mas conhecido como “Seu Bidoca de Brito”, homem que viveu em um período de muita riqueza e abundância [2].


FIGURA 1 - CAPELA E CEMITÉRIO DA CHAPADA DO BIDOCA, REGISTRO DE 2004

 

Print Friendly, PDF & Email

Situado no município de Brasileira, norte do Piauí, entre Piripiri e Piracuruca, o povoado Saco dos Polidórios dista cerca de 64 km da sede municipal do primeiro e uns 55 da sede do Município que integra. O lugarejo fica nos limites com o município de Domingos Mourão, separados pelo Rio Piracuruca.

 saco1.jpg - 36.17 KB
ESTA PASSAGEM MOLHADA NO RIO PIRACURUCA É UM DOS LIMITES ENTRE O POVOADO (MUN. DE BRASILEIRA) E O MUNICÍPIO DE DOMINGOS MOURÃO.

Print Friendly, PDF & Email

O pequeno litoral do Piauí com seus cerca de 66km nos reserva encantos e belezas fascinantes, um deles é o Delta do rio Parnaíba com todo o seu rico ecossistema, tudo isso pode ser apreciado a partir de um passeio com um ótimo custo benefício. 

Em 2013 com apenas R$ 50,00 adquiri um pacote para conhecer uma pequena parte desse paraíso, com direito a translado de barco com saída do Porto dos Tatus, no município de Ilha Grande do Piauí, por volta das 8h da manhã e retorno por volta das 15h30, na embarcação, turistas de várias paragens e uma infraestrutura básica disponível como bar e banheiros, além de pessoal de apoio e guias proporcionando um passeio seguro e confortável com direito a lanche com frutas regionais, almoço, duas paradas para banho e uma caranguejada. 

 
DE AMARELO O ROTEIRO DO PASSEIO AO DELTA

Print Friendly, PDF & Email

Uma beleza natural, rústica e semisselvagem, composta por uma vegetação exuberante, tropical e densa, regada por um olho d’água que forma um riacho e adornada por uma formosa cachoeira. Toda esta maravilha da natureza fica no município de Pedro II. Entretanto não como poderia se imaginar distante da zona urbana, lá pelas serras ou sertões, mas exatamente na zona urbana!  Ou, como costumam dizer, a 500 metros do centro da Cidade.

O local é cativante, tranquilo e bucólico com centenárias e volumosas árvores que margeiam o riacho Pirapora, com suas copas se encontrando e formando um só dossel entrelaçado, lembrando uma típica floresta pluvial. O riacho corre sobre leito pedregoso, tendo as suas margens ocupadas por blocos rochosos entremeados pela frondosa vegetação. Nos tempos das cheias de verão uma exuberante cachoeira deleita o visitante. 

O Parque Municipal do Pirapora é uma Unidade de Conservação municipal criada pelo Decreto nº 129, de 05 de junho de 2001, possuindo uma área de cerca de 11 hectares. Um pequeno paraíso praticamente dentro da exuberante cidade serrana de Pedro II.

 pir01.jpg - 50.85 KB
IMAGEM ORBITAL MOSTRANDO: A BARRAGEM,  A CACHOEIRA E O GROTÃO POR ONDE SE APROFUNDA O RIACHO.

Print Friendly, PDF & Email

Partindo de Parnaíba-PI, cerca de 66 km seguindo pela BR 402 há um recanto no litoral do Piauí que tem se destacado nos últimos tempos; de uma vila de pescadores, a Barra Grande (município de Cajueiro da Praia) está se transformando em um importante pólo turístico do nordeste brasileiro, atraindo pessoas de todo o mundo.


POVOADO DA BARRA GRANDE E SEU ENTORNO. IMAGEM: GOOGLE EARTH