Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/log/entry.php:1) in /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 531

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/log/entry.php:1) in /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 531
Guru das sete cidades: filme piauiense já passa dos 40 anos

Guru das sete cidades: filme piauiense já passa dos 40 anos

No início dos anos 70 foi rodado no Piauí, um filme patrocinado pelo Governo do Estado, cujo título era "Guru das Sete cidades". O longa metragem foi rodado em Parnaíba, Teresina e no Parque Nacional de Sete Cidades, tendo também algumas cenas filmadas no Rio de Janeiro.

gur1.jpg - 66.24 KB
CARTAZ DE APRESENTAÇÃO DO FILME.

A trama contava a história de uma senhora  muito rica que trai seu esposo. Um dia, os amantes vão visitar a comunidade do guru (em Sete Cidades) e ela é convidada a participar de um culto de magia negra que escolhe uma vítima para sacrifício. A mulher então pede ao guru que sacrifique seu marido. A mansão do casal (em Parnaíba) é invadida e seu marido morto. As suspeitas do crime recaem sobre o amante. Alguns dias depois, em outro culto, a mulher é escolhida como vítima. para ser sacrificada ou seja: "O feitiço virou contra o feiticeiro." 

 gur2.jpg - 29.96 KB
CENAS DE ABERTURA DO FILME . 

 gur3.jpg - 27.97 KB
CENA DO CULTO DE MAGIA NEGRA EM SETE CIDADES

Algumas cenas do filme são gravadas na cidade de Teresina, onde nas primeiras imagens alguns personagens passam de moto, pela Avenida Frei Serafim tendo ao fundo a Igreja de São Benedito. As três igrejas mais conhecidas da cidade de Parnaíba também são retratadas no filme: Igreja São Sebastião, Igreja Nossa Senhora da Graça e Igreja Nossa Senhora de Fátima, mostrando o grande valor histórico e religioso das mesmas para a Cidade. Mostra o filme também a Praça da Graça e a Praia da Pedra do Sal em Parnaíba e evidentemente as belezas naturais do Parque Nacional de Sete Cidades.

 gur4.jpg - 22.28 KB
"SOLANGE" (REJANE MEDEIROS) A ESPOSA ADÚLTERA E "BETO PILANTRA" (PAULO RAMOS) SEU AMANTE CURTINDO NA PRAIA PEDRA DO SAL EM PARNAÍBA.

gur5.jpg - 44.15 KB
HIPPIES NA PISCINA NATURAL DE SETE CIDADES

 gur6.jpg - 27.41 KB
O GURU (OTÁVIO TERCEIRO).

 gur7.jpg - 22.08 KB
MERCHANDISING DAS CASAS MORAES SOUSA, GRANDE LOJA DE DEPARTAMENTOS DE PARNAÍBA NA ÉPOCA, NUMA CENA DO FILME.

O filme foi encomendado pela PIEMTUR, empresa de turismo do Piauí, em 1972 pelo então Governador  Alberto Tavares Silva e o objetivo era divulgar o potencial turístico do Estado do Piauí, pouco explorado na época. O Aeroporto de Parnaíba tinha sido recentemente inaugurado pelo então Presidente da República Emílio Garrastazu Médici e a via férrea entre Teresina e Luís Correia ainda estava em operação. Em Piripiri o Prefeito era Antônio Ferreira Neto, o "Ferreirinha" e o Cine Teatro Marajá, de propriedade do Sr. Mário Seba, onde o filme foi exibido, estava no auge do seu funcionamento.

 gur8.jpg - 32.62 KB
CINE TEATRO MARAJÁ EM PIRIPIRI ONDE FOI EXIBIDO O FILME. FOTO DA ÉPOCA

 gur9.jpg - 36.97 KB
ADESIVO PLÁSTICO PARA COLAR DO LADO DE DENTRO DOS VIDROS DOS CARROS, PARA DIVULGAR O FILME NA ÉPOCA.

 gur10.jpg - 38.84 KB
ENCONTRO DOS HIPPIES EM TERESINA

Guru das Sete Cidades tem roteiro e direção do cineasta  Carlos Roberto Bini foi inspirado no movimento hippie da época, porém considerado fraco e meio inocente pela crítica, tinha no papel de adúltera a atriz Rejane Medeiros como "Solange", "Beto Pilantra" era o amante, interpretado por Paulo Ramos e Otávio Terceiro que fazia o "Guru", e a censura era 18 anos.

A trilha sonora era da  Banda Spectrun de Friburgo no Rio de Janeiro. O lançamento do filme foi no Rio de Janeiro, no cinema Odeon na Cinelândia, já em 1973, portanto há mais de 40 anos atrás.

 Sites consultados:

www.adorocinema.com; www.spectrum.mus.br; www.cinema10.com.br

www.cinemateca.gov.br; www:gtci.com.br; www.estranhoencontro.blogspot.com.br

 Fotos: www.bcc.org.br; www.flickr.com

 

 

 

www.000webhost.com