Artigos

A passagem do Pe. Gabriel Malagrida por Piracuruca

A relação do Pe. Gabriel Malagrida (nasceu em 1689 - Itália / morreu em 1761 - Portugal) com Piracuruca-PI está documenta em alguns textos pesquisados por mim no início dos anos 2000.


Segundo os textos, ele é um personagem importante para a cidade, tendo participação primordial na construção da histórica Igreja de Nossa Senhora do Carmo, na primeira metade do século 1700.

No texto extraído do endereço:
web http://www2.correioweb.com.br/hotsites/500anos/malagrida/malagrida2.htm
(hoje não está mais online). Registra que: por ser um personagem importante para a história do Brasil, um grupo de pesquisadores em 1999 percorreu as trilhas antes desbravadas pelo Padre, inclusive Piracuruca, segue o trecho, referente a Piracuruca, que contém no texto:

(Primeira longa parada: Piracuruca, no norte do Piauí. ‘‘Servia de igreja aí uma vil casa de farinha com quatro papéis mal pintados por cima, cheia de morcegos. Eu mesmo dei a idéia de construir grandiosa igreja. Todos ofereceram suas esmolas’’, conta Malagrida numa carta mandada ao Bisbo do Algarve, em Portugal.)

Já na biografia extraída do endereço http://www.usinadeletras.com.br/ (texto hoje não mais online). Diz que:

"Em 1721 veio para o Brasil, ficando inicialmente na Missão do Maranhão. Posteriormente, em 11 de outubro de 1723, foi nomeado como pregador do Colégio do Pará. Pouco depois, retornou ao Maranhão, na qualidade de Reitor da Missão Jesuítica dos Tabajaras. De 1728 a 1735, dividia-se entre o Maranhão e o Piauí...Na sua estada em Piracuruca pediu esmolas e mobilizou a comunidade da região para ajudar aos Irmãos Dantas a concluir a Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Terminou seus dias executado pela Inquisição."

Penso que cabe aqui uma pesquisa mais aprofundada sobre a real influência do Pe. Gabriel Malagrida na construção do Templo de N. S. do Carmo e também do seu relacionamento com os Irmãos Dantas.

www.000webhost.com