Artigos

O fantástico conjunto de sítios arqueológicos de Buritizal, Valença do Piauí.

As "Pintadas" são uma série de abrigos decorados do povoado Buritizal, a km a sudoeste da cidade de Valença do Piauí. A origem do nome deve-se ao fato de dezenas de furnas e abrigos do local estar profusamente adornadas por arte rupestre, pintada ou gravada.

A região de caatinga é rica em afloramentos ruiniformes, de formas extravagantes, que nos lembram do Parque Nacional de Sete Cidades.

 bu0.jpg - 49.94 KB
RELEVO EXUBERANTE DE BURITIZAL, VALENÇA DO PIAUÍ. 

O acesso às pintadas é fácil, pois todos os painéis decorados ficam às margens da estrada carroçável, que corta o povoado Buritizal.

 bu1.jpg - 99.73 KB
UM DOS PAINÉIS DECORADOS DE BURITIZAL.

Os mais famosos e decantados desenhos do local possuem tamanhos avantajados e estão pintados a uns três metros do solo. Ali estão duas intrigantes machadinhas, uma de duplo gume, a outra de gume simples. Segundo nos informou nosso anfitrião Antônio José, uns arqueólogos que estiveram no local afirmaram que esta é a única representação de artefatos de pedra do tipo que se conhece na arte pré-histórica brasileira. Talvez fosse mais preciso se dizer "as mais vistosas do Brasil", pois outros painéis parietais espalhados pelos sertões também apresentam este instrumento, embora de maneira mais estilizada, como ocorre nas figuras de Boqueirão de Parelhas (Rio Grande do Norte). 

bu2a.jpg - 68.28 KB
PAINEL RUPESTRE DAS MACHADINHAS DE BURITIZAL.

 bu3.jpg - 92.61 KB
DETALHE DAS MACHADINHAS DE PINTADAS, NO BURITIZAL.

O desenho, em vermelho forte, é vistoso e bem conservado. Quem sabe, talvez ali também se prestasse o "culto à machadinha", como acontecia na Europa Antiga e em outras partes do Brasil, tudo por influência atlante...Ao lado das machadinhas, um desenho de entrançados parece representar uma rede de pesca. Abaixo das machadinhas, várias figuras antropomorfas, com falo acentuado, completam o quadro enigmático do local, que nos remetem aos nossos mais longínquos antepassados.

Um pitoresco afloramento, à margem da estrada, é conhecido como tartaruga. Trata-se de um pequeno arenito, com superfície em polígonos, e uma exígua caverna na sua base. O afloramento não é imenso nem de convexidade regular, como acontece com a tartaruga do Parque Nacional de Sete Cidades. Porém, é um ponto quase obrigatório para os visitantes que acorrem ao Buritizal, fascinados por suas riquezas arqueológicas e pelo pitoresco relevo local.

 bu4.jpg - 44.89 KB
AFLORAMENTO ARENÍTICO EM FORMA DE "CASCO DE TARTARUGA", EM BURITIZAL, VALENÇA DO PIAUÍ.

Próximo à tartaruga, está um painel com numerosas figuras, onde se destaca um ser humano estilizado, em ação de preces, no meio de inúmeros pontilhados, tudo em cor vermelha. É o homem-iniciado, o sumo-sacerdote indígena, que em sonho ascende às estrelas, ao cosmos. A ascensão cósmica leva-o às estrelas, onde busca respostas transcendentais aos seus anseios terrenos, que não são obtidas no seu mundo material.

 bu5.jpg - 85.86 KB
"O HOMEM QUE ASCENDE ÀS ESTRELAS"- PINTURA RUPESTRE DE PINTADAS, NO BURITIZAL. 

Outros desenhos multimilenares são setas, estrelas, círculos concêntricos, pontilhados irregulares, bastonetes, gradeados, lagartos, símbolos abstratos, figuras humanas estilizadas, etc.

 bu6.jpg - 49.17 KB
PINTURAS RUPESTRES DE BURITIZAL

Quanto às figuras gravadas, sem preenchimento de tinta vermelha, são essencialmente antropomorfas, basicamente em posição ritual.

 bu7.jpg - 78.34 KB
GRAVURA ANTROPOMÓRFICA, BURITIZAL.

Todo aquele cenário, o pré-histórico e o natural parecem um antigo parque de monstros antediluvianos, petrificados por alguma medonha medusa. No dorso de um destes monstros de pedra, a natureza esculpiu a famosa “piscina”, tanque natural que enche durante as chuvas e que se constitui em atração à parte daqueles monumentos naturais. Deve ser a piscina do Caipora e de outros duendes da floresta....

Fonte:

Coutinho, Reinaldo. Antiguidades valencianas. Teresina, 2000.

 

www.000webhost.com