Praia da Pedra do Sal: Mistérios e encantos

A Praia da Pedra do Sal fica na porção pertencente ao município de Parnaíba na Ilha Grande de Santa Isabel. Possui cerca de 08 km de extensão, sendo dividida em duas porções por imensos matacões graníticos. Da cidade de Parnaíba dista 18 km por estrada totalmente asfaltada (PI-116). 


BARCOS DE PESCA ATRACADOS DURANTE A MARÉ BAIXA. AO FUNDO, MANSÕES, BARES E QUIOSQUES.


Tem este nome porque as ondas, batendo impetuosamente nos matacões, deixa depositado nas cavidades suas águas, que com a evaporação formam pequenas camadas de sal.


CAMADA DE SAL CRISTALIZADO NUMA CONCAVIDADE DO GRANITO. DAÍ VEIO O NOME DA PRAIA.

 


OS MATACÕES GRANÍTICOS, DOS MAIS VARIADOS TAMANHOS, DÃO UM CHARME ESPECIAL A PRAIA DA PEDRA DO SAL.

 

Ela já foi considerada por uma revista de renome nacional uma das 10 praias mais exuberantes do Brasil. Nos anos 1970 dezenas de políticos e empresários construíram mansões na pacata vila da Pedra do Sal. Dizem que correntes marítimas foram desviadas Por obras no Porto de Luís Correia e o mar se tornou mais intempestivo, arrasando casas e estradas, contribuindo para a decadência da badalada Pedra do Sal.


IMENSOS CHALÉS DE VERANEIO, MUITOS DOS QUAIS HOJE ABANDONADOS

 

Hoje a maior parte dos frequentadores são pessoas de classe econômica de menor poder aquisitivo. Grande parte das barracas são palhoças caindo os pedaços sem banheiros ou água, não oferecendo o menor conforto aos banhistas. Aliás, a falta de água doce é um problema sério na Praia. Em termos de infraestrutura também a Praia é carente. Há muito lixo espalhado, não existem esgotos, nem passeio público e nem iluminação pública. Mas mesmo com tanta carência a Praia da Pedra do Sal nunca perdeu seu charme. 


VISTA GERAL DE UM TRECHO DA PRAIA. AO FUNDO, O FAROL CONSTRUÍDO PELO GOVERNO IMPERIAL EM 1873


NESTE LOCAL OS BARES E RESTAURANTES POSSUEM  ALGUMA INFRAESTRUTURA

 

Dizem que os imensos matacões de granito, que fazem o diferencial da praia em relação a outras, serviram de balizas para antigos navegantes como os fenícios. Comum nas cercanias é o avistamento de Objetos Voadores Não Identificados, na forma de luzes. Também naquela praia está o soterrado “Buraco do Djalma”, ou “Subterrâneo dos Jesuítas”, túnel misterioso que foi explorado quase que secretamente nos anos 1950.


CENÁRIO CINEMATOGRÁFICO DA PRAIA

 

Outra atração é a cabeça do Gigante, um gigantesco matacão granítico em forma de uma cabeça humana, mas disforme, que parece mirar o céu.


CABEÇA DO GIGANTE OU MONSTRO QUE PARECE MIRAR O CÉU: BOCA (1), NARIZ (2) E OLHOS (3)


O pôr do sol na Praia é um espetáculo formidável. Muitos amantes da natureza vão até lá para curtir e fotografar o sol emoldurado pelo mar.


UM BELÍSSIMO PÔR DO SOL NA PRAIA DA PEDRA DO SAL

 

A Praia é muito frequentada também por pescadores amadores. Mas o banho deve ser distante das rochas. Aos fins de semana, quando aumenta o fluxo de frequentadores, membros da guarnição do Corpo de Bombeiros fiscalizam a presença das pessoas sobre as rochas muito próximas Das agitadas ondas. Muitos, mas muitos mesmo que tomavam banho ou escorregaram nos rochedos e caíram ao mar morreram pela violência das ondas batendo no granito.


O LOCAL MAIS PROPÍCIO PARA PESCA AMADORA É SOBRE OS MATACÕES. PORÉM O PERIGO É MUITO GRANDE. DIFICILMENTE ALGUÉM SOBREVIVE A UMA QUEDA NESTAS ÁGUAS TURBULENTAS.

Toda aquela porção litorânea está sendo objeto de investidores para instalação de usinas eólicas. Pelo menos uma já está em funcionamento.

Ultimamente as autoridades estão tentando dar novos ares à praia. O Réveillon da passagem de 2013 para 2014 atraiu cerca de 30.000 pessoas. Vale a pena conhecer.

www.000webhost.com