Jazidas de mármore e calcário em Fronteiras e Pio IX

Imensas jazida de Calcário Calcítico e Calcário Silicoso afloram nas porções limítrofes entre os municípios de Pio IX e Fronteiras, situados no semiárido piauiense, limitando-se com a porção sul do estado do Ceará. Inseridos no meio desta riqueza, uma mina de mármore abandonada. 

As áreas dos municípios de Fronteiras e Pio IX integram geologicamente a porção sudoeste da grande Província Borborema, compostas por rochas ígneas e metamórficas.

O calcário Calcítico, de cor cinza, é explotado pela Itapissuma S/A (Grupo João Santos-Cimento Nassau), para sua unidade de cimento de Fronteiras, instalada em 2001. As jazidas situam-se nos dois municípios, notadamente nos lugarejos Monte Verde (Pio IX) e Fazenda Monte Alvão  (Pio IX e Fronteiras).


AFLORAMENTO DE CALCÁRIO EM PIO IX



NA REGIÃO AS JAZIDAS DE CALCÁRIO SÃO IMENSAS


Nas cercanias dos calcários, em Fronteiras, próximo ao povoado Quixaba, já muito próximo do Ceará, está inserida uma jazida de mármore esbranquiçado, muito bonito, de domínio de outra empresa de mineração, a Granistone, do Ceará. Embora a jazida seja abundante e de relativamente fácil acesso, foi abandonada pelo empreendedor há alguns anos em detrimento da explotação de outra rocha cristalina distante dali, também utilizada como pedra decorativa, o granito. 


CAVA ABANDONADA DE MÁRMORE, PARCIALMENTE INUNDADA, POVOADO QUIXABA, FRONTEIRAS.



BLOCOS DE MÁRMORE EXTRAÍDOS, MAS ABANDONADOS NO LOCAL.

 
www.000webhost.com