Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/log/entry.php:1) in /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 531

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/log/entry.php:1) in /storage/ssd4/909/1073909/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 531
Misteriosas “cornetas voadoras” sobrevoaram Teresina

Misteriosas “cornetas voadoras” sobrevoaram Teresina

A moderna era ufológico teve início em meados de 1947 com Kenneth A. Arnold (1915 –1984), um aviador e empresário americano, mais conhecido por ser geralmente considerado como autor do primeiro relato amplamente divulgado de um avistamento de objeto voador não identificado nos Estados Unidos, após alegar ter avistado nove objetos aéreos incomuns voando em formação próximo ao Monte Rainier, Washington, em 24 de junho de 1947 (Wikipedia.org).

A solução teria sido encontrada em 2000 por James Easton para o Caso Kenneth Arnold é que o piloto teria visto pelicanos em voo, o que está de acordo com o relato dado por Arnold para a forma e o comportamento dos objetos. Será?  (Wikipedia.org).

Entretanto, sabe-se que os nazistas fizeram não só projetos de discos-voadores, mas até alguns protótipos, ainda mesmo antes do início da Guerra (1939). Não se sabe ao certo se algum deles alçou voo. Mas parece que os yankees, ao vencerem a Guerra, não só levaram toda a documentação referente a estes projetos secretos, mas como também muitos cientistas que nele trabalharam. Um destes projetos era conhecido como VRIL.

  corn01.jpg - 22.66 KB
PROJETO VRIL, UM DOS DISCOS VOADORES NAZISTAS. REPRODUÇÃO.

 corn02.jpg - 30.57 KB

UM SUPOSTO DISCO VOADOR, FEITO PELO GOVERNO NORTE AMERICANO. REPRODUÇÃO.

Assim, surgiu o modelo discoidal, ou melhor, de dois pires emborcados, comuns em avistamentos dos anos 1940 a 1970. Posteriormente, aos poucos, parece que os projetistas yankees perceberam que não havia muito o que modernizar naquelas formas e abandonaram aquele tipo. Observem que nos dias de hoje as pessoas que avistam supostos OVNIs os descrevem como luzes, bolas de fogo ou outros formatos, mas os discos-voadores estão em desuso.

Os avistamentos anteriores a Keneth Arnold são mais consistentes porque não havia ainda uma moda ou pseudociência, a ufologia. 

Observem que chamamos estes objetos de OVNI, significando Objeto Voador Não Identificado. Em outras palavras, é um objeto ou fenômeno não identificado de imediato, não significando que seja ou que venha de outro planeta ou dimensões. Apenas não é identificado. Muitas sondas, meteoros, cometas, nuvens lenticulares, aviões secretos, etc podem ser definidas como OVNIs mesmo não trazendo em si mistério algum. Vai depender da opinião do observador. Isso sem contar com a avalanche de fraudes ufológicas.

No Livro dos Danados (1919) do Profeta do Absurdo, o norte-americano Charles Fort (1874-1932), existem relatos dos séculos XVIII e XIX. Não há nenhum referente aos pires emborcados ou discos voadores. Os objetos são: luzes, bolas flamejantes, charutos, zepelins, navios, rodas celestes, etc. A moda disco voador nasceu mesmo logo após a Segunda Guerra Mundial, com projetos tomados aos nazistas.

No Piauí descobrimos um avistamento pré-Keneth Arnold, em 1943. Trata-se de três objetos luminosos vistos em Teresina, representando a inusitada forma de cornetas ligadas entre si. O fenômeno celeste empolgou quem o assistiu e após cinco minutos de exposição, ouviu-se um estampido.

  corn03.jpg - 84.52 KB
NOTÍCIA DO JORNAL TERESINENSE GAZETA, 19 DE JUNHO DE 1943.

Com certeza não era uma arma secreta nem yankee nem nazista. Um fenômeno atmosférico natural? Talvez, embora não pareça. Mas sem dúvida um OVNI, pois não se definiu sua verdadeira origem. A notícia parece indicar que a exposição do objeto no céu foi longa, cerca de cinco minutos. Pena que a notícia tenha sido lacônica e sem maiores descrições.

 
www.000webhost.com