Print Friendly, PDF & Email
Print Friendly, PDF & Email
Xexéu (Japiim)


Família: Emberizidae Subfamília: Icterinae  Espécie: Cacicus cela

Canto:

Comprimento: macho 27 a 29,5 cm; fêmea 23 a 25 cm; peso: 60 a 98 g. Espécie muito conhecida no Norte e Centro-oeste do País. Presente em duas regiões separadas: 1) em toda a Amazônia, estendendo-se para o sul até o Mato Grosso do Sul e Goiás; 2) do Pernambuco ao sul da Bahia. Encontrado também no Panamá e em todos os demais países amazônicos - Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia. É comum em bordas de florestas (sobretudo de várzea), campos com árvores, cerrados e florestas de galeria. Vive em bandos de tamanhos variáveis, alimentando-se principalmente de frutos e sementes.

Faz ninho de folhas de palmeiras, com a forma de uma bolsa pendurada, relativamente curta e larga quando comparada ao dos japus. Os ninhos ficam agrupados em colônias, instaladas freqüentemente em árvores baixas, algumas vezes sobre a água, nos galhos em que haja a presença de formigueiros e de alguns vespeiros. Às vezes os ninhos podem estar na mesma árvore que os de japus, porém é mais comum estarem em uma árvore adjacente ou isolados. Põe ovos branco-azulados com manchas, pontos e listras marrom-escuras ou pretas. Apresenta uma série de cantos diferentes e é um excelente imitador de outras aves, hábito que o torna bastante apreciado. Conhecido também como xexéu, japim, japuíra, joão-conguinho e japiim-xexéu.


Fonte: http://www.eln.gov.br/Pass500/BIRDS/port.htm

<= Voltar