Print Friendly, PDF & Email
Print Friendly, PDF & Email
Garça-branca-grande


Família: Ardeidae Espécie: Casmerodius albus

Canto:

Comprimento: 91 a 102 cm. É a espécie de garça mais comum em nosso País, podendo ser localizada à beira de lagos de água doce, rios, estuários, pantanais, manguezais ou mesmo em poças maiores. Está presente em quase todo o planeta, tanto em regiões quentes quanto frias. No continente americano pode ser encontrada desde o sul do Canadá até o sul do Chile, e em todo o Brasil. É migratória. Foi constatado que populações que nidificam no sul dos Estados Unidos migram até o norte da Colômbia fora do período reprodutivo.

Vive solitária ou em bandos com centenas de indivíduos, geralmente em formações em V. Alimenta-se de peixes, permanecendo imóvel por longos períodos em águas rasas. Freqüentemente descansa em grupos mistos durante as horas mais quentes do dia. Reproduz-se em colônias da mesma espécie, os chamados ninhais, nos quais podem ser encontrados centenas de ninhos, semelhantes a plataformas, construídos em manguezais e árvores à beira dágua. Põe 2 ou 3 ovos de coloração cinza-azulada. Conhecida também como garça-grande, garça-real, acará, acaratinga, guaratinga e guiratinga (no Pará).


Fonte: http://www.eln.gov.br/Pass500/BIRDS/port.htm

<= Voltar